Tagides Medicina Dentária

Vila Franca de Xira - 263 209 176 / Castanheira do Ribatejo - 263 039 841


FAQ

menu4

O que é o branqueamento dentário?

O branqueamento dentário é uma técnica que torna os dentes mais claros, sem os danificar externa ou intermanete. O processo funciona através da oxidação dos pigmentos dos dentes, sobre os quais se aplica o gel branqueador, que entra na superfície do dente e liberta moléculas que provocam a descoloração.

Porque temos manchas e zonas escuras nos dentes?

O aparecimento de manchas escuras nos dentes pode estar relacionado a um ou mais dos seguintes factores:

  • A ingestão regular de alimentos e bebidas com alto teor de corantes, tais como: café, chá, refrigerantes gaseificados com corantes e vinho tinto;
  • O tabaco
  • Antibióticos administrados ao doente durante o período de formação dos dentes (infância)
  • Outras doenças sistémicas durante o período de formação dos dentes
  • A ingestão regular de flúor (que pode causar manchas mais claras que a cor original dos dentes)
  • As Desvitalizações ou Restaurações muito antigas ou desgastadas
  • A idade do doente e o desgaste natural dos dentes.

Que tipos de branqueamentos existem?

Há duas maneiras de fazer o branqueamento:

Em casa: Com um par de moldeiras feita no consultório dentário á medida da boca do doente. É fornecida também ao doente uma seringa com o gel branqueador, que será administrado em pequenas quantidades no interior das moldeiras, que devem então ser encaixadas na boca. Recomenda-se a utilização das moldeiras com o gel durante a noite, ao longo de 4 a 8 noites, seguidas ou alternadas.
No consultório: O gel é administrado directamente sobre a superfície dentária e activado com uma luz fria. Cada sessão dura entre os 20 e os 40 minutos. A quantidade de sessões necessárias varia de acordo com a composição natural do dente e o resultado desejado.


A Ortodontia é o ramo da Medicina Dentária que se ocupa do crescimento e desenvolvimento dos dentes e do maxilar, e que visa corrigir a posição dos elementos buco-faciais através de um sistema de forças artificiais.

Existem dois tipos de sistemas de forças artificiais:

  • O Aparelho Fixo – que não se pode remover até o término da duraão total do tratamento.
  • O Aparelho Removível ou Amovível – que pode e, em alguns casos deve, ser removido ao longo do tratamento em situações específicas.

Até que idade se pode corrigir a posição dos dentes?

O aumento da idade pode gerar complicações. Porém o tratamento pode, na maior parte dos casos, ser realizado em qualquer idade.

Porquê corrigir a posição dentes?

  • Para conservar e melhorar a estética dentária e da expressão facial, que contribui fortemente para a auto-estima do doente
  • Para estabilizar e optimizar o funcionamento de todo o sistema buco-maxo-facial
  •  Para preservar os tecidos e os dentes e, consequentemente, a longevidade da dentição.
  • Para assegurar uma boa função oclusal e muscular
  • Para proteger a ATM (Articulação Temporo-madibular)
  • Para contribuir com a estabilidade e longevidade do aparelho estomatognático.

Um sorriso bonito e saudável pode abrir-lhe muitas portas!

Nos tempos que decorrem ter um sorriso bonito não é apenas uma vantagem, mas sim uma exigência social e pode ser acessível a todos. 
A restauração dos dentes com resina composta (um material cuja cor e textura imita a dos dentes) é hoje um tratamento muito procurado, não só para restabelecer a função, mas sobretudo para repor e resolver problemas estéticos. Para além da componente estética, as restaurações em resina são mais acessíveis e o procedimento é mais simples, levando assim menos tempo a ser realizada.

Com a resina é possível:

  • 
 Restaurar dentes fracturados
  •  Corrigir defeitos superficiais (forma, tamanho e posição dos dentes)
  •  Alterar a cor do dente, sem recorrer a coroas cerâmicas
  • Fechar diastemas (espaços entre os dentes).
  • Antes

    Antes

  • Depois

    Depois

Tenho restaurações escuras (metálicas) nos dentes posteriores. 
Vale a pena trocá-las por restaurações de resina?

Há duas razões que justificam a troca de uma restauração metálica por uma restauração estética (de resina): por problemas que envolvem a saúde do dente, como uma fractura da restauração pré-existente ou mesmo pela re-aparecimento da cárie (nesse caso, a troca não é discutida e pode, perfeitamente, ser feita uma restauração de resina), ou por motivo exclusivamente estético.

  • estetica2_antes

    Antes

  • estetica2_depois

    Depois